sexta-feira, 16 de março de 2012

Mulher macho sim senhor

Amigos
na nossa frugalidade de sexta, emendamos um assunto interessante.

espero que gostem



Mulher macho sim senhor



         Antes de começar essa crônica de hoje gostaria de deixar bem claro que não tenho filiação partidária nenhuma. Não simpatizo com A nem B, quanto mais Z. O que escreverei adiante é somente a opinião de um cidadão brasileiro que observa as mudanças em nossa sociedade. E quem achar de alguma forma que estou fazendo apologia a alguém, está redondamente enganado e provavelmente não entendeu o objetivo da crônica. Dito isso, vamos aos fatos.



         Volta e meia em minhas conversas sobre política com a esposa (no caso a minha), chegamos a uma conclusão interessante e inquietante. As mulheres tem menos tolerância às “coisas erradas” do cenário político e social. Quem me disse isso pela primeira vez foi a própria esposa. Sabem aquelas conclusões cristalinas? Pois é. Senão vejamos a nossa “Presidenta”. Por que nesse caso não teremos melhor exemplo do que ela. Vejam a diferença de tratativa do seu governo para com o de seu antecessor. Na era Lula todo mundo levava afago, era mãozinha na cabeça de um, de outro. E tudo se resolvia na base do ajeitamento. Quando o Presidente abria aquele sorriso fanfarrão, podia saber que ia colocar alguém no colo. Batata. Já a nossa atual “Presidenta”, dá afago também, mas logo depois de um “pedala Robinho”. Ô mão pesada tem ela né não? E ultimamente ela tem travado umas quedas de braço que são de dar gosto. Os partidos da base aliada andam tremendo de medo. Na era Lula era só fazer biquinho que ganhava leitinho. Na era Dilma a coisa não é bem assim. Fez biquinho leva tapa na boca. Menino mal criado! Aquele jogo de cena do tipo “estou me retirando da base do governo” parece que não tem convencido nossa chefa maior. Quer ir embora, vai! E na maioria das vezes os ofendidos têm voltado com o rabinho no meio das pernas. E os Ministros? Errou, fritou. Sem dó nem piedade. E a FIFA? Pede desculpa! Isso! E vai ficar de castigo! Veja se pode tamanha falta de educação. Será que esse povo do futebol não teve mãe não? E por aí vai. Agora mais recentemente vimos um acontecimento que confesso imaginei não estar vivo quando se tornasse realidade. Afastamento do Sr. Ricardo Teixeira da CBF. Que fato. Mais uma queda de braço vencida pela Sra. Dilma. De uma coisa podem estar certos, fugir de uma boa briga não é seu forte. Mas será isso uma característica das mulheres da atualidade?



         Confesso que quando analiso esse assunto fico um pouco receoso. Se elas são mais fortes, menos tolerantes ao mal feito, mais inteligentes, mais sensíveis e inventaram o banco de sêmen, o que será de nós homens? Fadados à extinção? Peças de museu? Entendo que um dia os papéis podem se inverter. Mas creio que ainda estamos longe desse fato virar realidade. Só o tempo dirá. E vamos deixando de conversa fiada que meu feijão está no fogo, tenho uma trouxa de roupa para lavar no tanque, meninos para dar banho e daqui a pouco minha esposa está chegando para o almoço. Quero estar bem arrumado para quando ela chegar. Até a próxima.                 







Guilherme Augusto Santana

Goiânia, sexta feira 16 de março de 2012

2 comentários:

  1. Aneim, política de novo?hehehe mas gostei desta parte:

    "Confesso que quando analiso esse assunto fico um pouco receoso. Se elas são mais fortes, menos tolerantes ao mal feito, mais inteligentes, mais sensíveis e inventaram o banco de sêmen, o que será de nós homens?"


    Ontem meu carro pifou. Chamei o guincho, mandei pra oficina e hoje cedo fui buscar. Eram pastilhas de freio. Resolvido. Paguei no cartão... peguei o carro e saí feliz da vida para o trabalho. É aquela sensação que dou conta de fazer algo que me parece exclusivamente de homens.

    Não gosto de política, mas gosto de mulheres fortes. E é isso que quero ser em breve. =)

    ResponderExcluir
  2. É o mundo moderno, meu jovem e macho irmão!!! As mulheres vão dominar o mundo!!!!!

    ResponderExcluir